sábado, 29 de janeiro de 2011

Deixe-me

Google Imagens


Deixe-me desistir
Jogar a toalha, deixe soar o gongo
Desistir do que sinto, desistir das minha conquistas
Permita-me desistir de mim

Deixe-me jogar fora os meus textos
Queimar minhas fotos
Apagar o que eu havia pensado para o futuro

Deixe-me não ser mais quem sou
Silenciarei-me em um luto sepulcral
serei viúva de mim

Aceitarei as regras impostas e apenas isso

Desculpe a todos!
Hoje desisto de mim.

3 comentários:

Kiwi disse...

É, Carlinha, seu hoje já passou há duas horas, seu hoje já se tornou ontem, já é passado. Hoje é um novo dia e, mesmo que às vezes a vontade seja de desistir, sempre temos aqueles momentos que nos fazem querer continuar.
Senti seu desabafo como se fosse meu, senti a força das palavras... Obrigada por ter colocado para fora, também estou me sentindo muito mais leve!

Fabi disse...

Mas eu não desisto de você não viu?!Beijos

Flávio Catão. disse...

Comentários mt bem colocados.
Desabafe sempre pois faz bem a alma.

Mas...tbm ñ desisto de vc! Não desistirei.

Um beijo. Fica bem.